compartilhe

"As teclas balançam. Minhas pernas balançam. Meu coração explode. Às vezes tenho uma vontade louca de dizer que te amo, ou uma vontade louca de dizer que não vivo sem você. Mas já te disse isso ontem. Eu já te disse isso milhões de vezes. Meu coração murmura. Sente sua falta. E quer dizer. Não quero que você enjoe, guardo tudo pra mim. Você sorri. Sorrio de volta. Você me envolve. Quero dizer que te amo, eu o digo. Não queria te enjoar. Mas não gosto de guardar um sentimento grande desses só pra mim."

compartilhe

Já vivi em vários mundos diferentes. Vou lhes dizer qual eu prefiro.

Prefiro o irreal. Aquele em que amor é a coisa mais importante. E que o sentido das coisas é buscado, porém, sempre com o coração a frente. Prefiro aquele mundo em que as pessoas são sinceras, mas que a sinceridade não machuca tanto quanto no mundo real. Aquele mundo em que a solidão pode até sim ser um costume. Mas um costume agradável, que sirva pra nos dar novas ideias, novas ideias de como viver e de como agir. A verdade é que esse mundo não existe. E ainda assim prefiro ele. Esse mundo não existe. Mas vivo nele. Só pra conseguir viver acreditando que ainda existe algo bom no mundo. Viver acreditando que todas as pessoas, um dia, irão mudar.

compartilhe

"Pensa um pouco no que te fez chorar, pequena. Nem tudo que você pensa que acontecerá realmente irá acontecer. Tente sorrir, porque às vezes é só isso que basta pra vida seguir da maneira que você quer."

compartilhe
"Se não for hoje, um dia será. Algumas coisas, por mais impossíveis e malucas que pareçam, a gente sabe, bem no fundo, que foram feitas para um dia dar certo."
compartilhe

"Eu só quero que tudo dê certo agora. Que no final dessa história alguém esteja aqui, ao meu lado, segurando a minha mão e me dizendo que tudo vai dar certo. Tudo pode sumir, tudo pode fugir. Mas quero que o amor permaneça. Quero que o amor fique. Quero que ele me mostre qual é o caminho que devo seguir. Mesmo que o mundo me prove o contrário."

compartilhe

"(Para) sempre. Às vezes o amor para. Acaba. Termina."

compartilhe

"Me dou de presente todos os dias logo ao acordar, aquele sorriso que tanto cuido pra ninguém roubar."

ENVOLVENDO-SE